sexta-feira, abril 20, 2007

Hoje há saudade - dedicado ao meu Tio Manuel

Passei a porta, com todos os outros, e a casa estava vazia e mais gelada do que o costume.
Nada parecia do dia de hoje, tudo parecia de ontem, não me apercebi que o tempo tinha passado, muito menos de quanto tempo se tratava. Esperava que tudo voltasse ao normal do que era antes, não esperei que voltasse ao de outrora, mas quis crer que um beliscão ou a asa de um insecto me acordavam.
No entanto, num dia em que o sol iluminava e aquecia, em que se via cor e se queria vesti-la, vestimo-nos de negro para a despedida.
O calor colava-se ao negro e parecia entrar em cada poro do meu corpo. Mas ao contrário do esperado, sempre que levantava a cabeça, arrepiava-me. E foi só isto que senti, um arrepio imenso que não me fazia estremecer, sufocava-me e cortava-me o peito numa dor profunda, mas não mordaz; numa dor que se dilui com o tempo, mas só até certo ponto, porque se mantém para sempre e se repete de cada vez que houver um hoje que se deseje que seja ontem, porque nunca poderá chegar a um amanhã.

E no final de tudo, olho e vejo que…

…hoje, se sabe que houve tempo perdido em guerras e desaforos desnecessários.
Hoje há lamentos, lágrimas e nós na garganta; há palavras por dizer, há abraços por dar, há beijos por sentir.
Hoje chama-se menos um nome, ouve-se menos uma voz, há menos um lugar na mesa, há menos uma conversa que se tem…
Hoje há mais lembranças, há mais nostalgia, há mais vontade de pôr os ponteiros do relógio a andar para trás…
Hoje há saudade.

Como sempre, como dantes,
Beijo na testa



Music "the spirit carries on" by dream theater
Lyrics by john petrucci

Nicholas:
Where did we come from?
Why are we here?
Where do we go when we die?
What lies beyond
And what lay before?
Is anything certain in life?

They say, life is too short,
The here and the now
And youre only given one shot
But could there be more,
Have I lived before,
Or could this be all that weve got?

If I die tomorrow
Id be allright
Because I believe
That after were gone
The spirit carries on

I used to be frightened of dying
I used to think death was the end
But that was before
Im not scared anymore
I know that my soul will transcend

I may never find all the answers
I may never understand why
I may never prove
What I know to be true
But I know that I still have to try

If I die tomorrow
Id be allright
Because I believe
That after were gone
The spirit carries on

Victoria:
Move on, be brave
Dont weep at my grave
Because I am no longer here
But please never let
Your memory of me disappear

Nicholas:
Safe in the light that surrounds me
Free of the fear and the pain
My questioning mind
Has helped me to find
The meaning in my life again
Victorias real
I finally feel
At peace with the girl in my dreams
And now that Im here
Its perfectly clear
I found out what all of this means

If I die tomorrow
Id be allright
Because I believe
That after were gone
The spirit carries on

Hypnotherapist:
You are once again surrounded by a brilliant white light. allow the light to lead you away from your past and into this lifetime. as the light dissipates you will slowly fade back into conSness remembering all you have learned. when I tell you to open your eyes you will return to the present, feeling peaceful and refreshed. open your eyes, nicholas.

6 Comments:

Anonymous MATTER said...

Tal como diz a canção,o espítito continua sim!O MANEL está connosco ,não físicamente mas,feliz porque tu lhe prestaste homenagem tal como ele um dia pediu:-).Certamente que gostou muito do que escreveste,da música que lhe dedicaste acompanhando este texto tão lindo.Um beijo,filha querida.

segunda abr 23, 01:41:00 da manhã 2007  
Anonymous maria said...

como eu comprendo tudo o que escreves, morro de saudades de quem já não tenho cá e vivo o dia dia mas com alguma tristeza pois faziam parte de mim ou aliás fazem ... mas a vida continua e tu continua a escrever e a expressar-te da forma que fazes pois fazes muito bem.
não me conheces mas deixo-te um beijo

terça abr 24, 10:26:00 da manhã 2007  
Anonymous Sorin said...

Lindo!!
Gosto cada vez mais de...TE LER!!
Beijo

terça abr 24, 12:31:00 da tarde 2007  
Blogger Nandita said...

Acho que todos percebembos, em maior ou menor escala, este tipo de dor. Perder quem amamos arranca-nos também a nós do mundo, deixa-nos alheados, adormecidos... Vamos um pouco com quem parte, mas acredito que também fica connosco uma parte de quem vai...
Beijo

sexta abr 27, 10:31:00 da tarde 2007  
Anonymous Anónimo said...

Vagueando à mercê do destino, tripulamos por estes caminhos o que outrora foram sonhos, e hoje mais parecem desatinos. Erguemos o passado, olhamos por momentos o céu, o que está na nossa consciência, pode ser a imagem de uma vida, que cria lágrimas de ausência quando a saudade nos invade, é uma ansiedade pela falta que nos faz o que já não existe, quando sabemos que já mais voltaremos a ver aqueles que não nos acompanham mais…
Pelos céus desfilam os ventos do firmamento, que transformam o pranto nas memórias singulares do coração. Por recordação choramos de amor, mas é preciso acreditar com força e convicção, que dentro de nós será sempre quem ao tempo negou a morte, e como se possibilidade houvesse de recuperar algo que á priori sabemos ser um sentimento duro de suportar, porque é-nos proibida a sua presença…
Por saber o quanto é difícil suportar a ausência dos que gostamos deixo-te estas palavras e um beijo….

Roger

sábado abr 28, 02:58:00 da tarde 2007  
Blogger **Chronicles Arclight** said...

n tenho mtas palavras amiga..
até pk já as entregás-t da melhor maneira!
n podias ter feito melhor dedicação!
mto bonito tb!
_____*_*_*_*_______*_*_*_*______
___*_________*___*_________*____
__*____________*_____________*__
__*____________*_____________*__
__*___________Bjos____________*__
___*__Bjos_____________Bjos___*__
____*_________Bjos__________*____
______*___________________*______
________*_____Bjos_______*_______
__________*__________*__________
_____________*____*_____________
_______________**_______________

domingo abr 29, 04:34:00 da tarde 2007  

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home